Enquete da Câmara

Lorem ipsum dolor sit amet, consetetur sadipscing?


Receba as Novidades


Redes Sociais

A Câmara também está ao seu alcance nas redes sociais.

Redes Sociais

Conteúdo Geral

Notícias

05/06/2018 | Décima oitava sessão ordinária recebe o Soldado Maurício Fogaça

Na noite desta terça-feira, dia 5 de junho, a Câmara Municipal realizou a décima oitava sessão ordinária no plenário da casa. Contou com a presença do Prefeito Jorge Kruger, a representante do CONSEG Ana Lucia Zemuner, vereadora jovem Daira Letícia Adriano representando a Escola Polidoro Santiago, integrantes da Polícia Militar, representantes de bairros, a imprensa e a comunidade.

O soldado Maurício Fogaça utilizou a tribuna para falar sobre a segurança nos espaços públicos e o uso das substancias com tabaco e afins. O soldado destaca o uso do Narguilé, que tem tomado uma grande proporção e gerado muita preocupação entre a comunidade. Maurício afirma que o fenômeno da drogadição inicia em família, quando muitos pais ingerem bebidas e fumam cigarros perto das crianças. É uma situação que gera um certo colapso na área pública e reflete na segurança pública. Segundo o soldado, de acordo com a Organização Mundial da Saúde – OMS a maconha está perdendo espaço para o uso de outras drogas.

Em Timbó, a prática do Narguilé apresentou crescimento e uma forte preocupação quanto a saúde das pessoas. Quem está perto, acaba fumando passivamente, e se prejudica tanto quanto a pessoa que fuma. Isso também acontece com crianças. Segundo dados de 2017, da OMS são 6 milhões de pessoas morrendo no mundo. No Brasil o tabaco mata milhões de pessoas por ano. São quase 6 mil pessoas morrendo pelo uso passivo.

O principal ingrediente do Narguilé é o tabaco, ele é precursor de ingredientes tóxicos. O que o soldado julga mais grave, para a confecção do carvão no narguilé, é o fato de ser embebido em solvente, derivado do benzeno, ele faz a queima por completo. Mas o benzeno não é solúvel em água, apenas em gordura e mucosa. A pessoa que fuma mesmo sem tragar, acaba se prejudicando da mesma forma , porque com o contato já absorve o produto. Esse solvente vai parar nas células, nos ossos. A OMS demonstra que tem aumentado casos de leucemia. O solvente do benzeno é grave e perigoso. Artigos científicos mostram problemas em desenvolvimentos cognitivos. A desintoxicação dele é de 14 a 16 anos.

O soldado está trabalhando desde 2014 nas atividades do PROERD para conscientização. Segundo ele, o modismo do uso do Narguilé tem aumentado, e para ele é necessário que as pessoas saibam quais são os malefícios. Outra preocupação em relação ao uso é a piteira. Através dela outras doenças podem ser transmitidas.

O vereador Guilherme Voigt Junior afirmou que muitas famílias estavam cobrando uma ação em relação a essa situação nos parques da cidade. Ele destaca a situação do aumento do uso de entorpecentes, verificado através do trabalho que faz encaminhando jovens aos centros de reabilitação.” Neste ano já são 16”, afirma ele.

O soldado afirma que a policia não quer coibir nenhuma ação, mas conscientizar sobre o que o uso pode causar.

O presidente Douglas Marchetti parabenizou a explanação do assunto. Para ele, o fato de ser permitido torna a discussão mais difícil. E o legislativo deve chamar o executivo para discutir o uso excessivo nos parques.
“Possamos criar uma solução para não cercear a liberdade do jovem, apesar do malefício, mas buscar um espaço que eles possam fazer o uso. Mas acho que precisa sim ser discutido, assim como outras substancias e também a bebida, que já melhorou muito com a aplicação da lei,” disse o Presidente.

Douglas destacou também a falta de respeito e cuidado das pessoas em espaços públicos, e também com o excesso de velocidade. Parabenizou o trabalho do PROERD em conscientizar as crianças. “Através de uma ação ou projeto de lei que possa ser discutido, algo que venha regulamentar esta situação. Não cercear, mas delimitar. É uma situação que preocupa muito e cabe a nós buscarmos uma solução. Merece uma discussão mais ampla”, diz Marchetti.

O vereador Rubens Borchardt pediu ao soldado se existe alguma lei de proibição do uso. Ele afirma que partiu dele a iniciativa de fazer a lei que proíbe o uso de bebida alcoólica nos parques vias públicas e que foi difícil aceitação.

O soldado afirma que poderia adicionar a proibição do uso do Narguile nesta lei municipal que já existe.

O vereador Carlos Adriano Kruger, afirma que falar em bebida em locais públicos sempre é difícil, pois muitos eventos são realizados no local. “Sabemos que muitas pessoas que usam o narguilé são pessoas de bem. Vamos analisar o caso e procurar uma solução que seja boa para todos”.
O vereador Fabrício Dalcastagné afirmou que muitas pessoas usam produtos químicos para não encarar os problemas e tentar fugir da realidade ou mesmo ser aceitos em grupos.

O vereador John Adriano Schwartz, destaca os malefícios do uso do Narguilé e acredita que as pessoas precisam ter respeito pelos outros que estão próximos, que acabam sendo prejudicados inalando a fumaça.

O vereador Martinho de Souza Filho afirma que acredita ser uma questão cultural, e o exemplo deve começar em casa. “Vocês estão no caminho certo levando esta conscientização às escolas. Pode-se criar um projeto para que se estude e busque aceitação da comunidade para poder proibir esta prática em locais públicos”, afirma o vereador.

O vereador Haroldo Fiebes acredita que pode ser sim feita uma lei para mudar esta situação. Ele afirma que o fumante passivo acaba se prejudicando. Que o prefeito encaminhe a câmara uma proibição de substancias fumígenas.

Expediente do dia

O vereador mostrou uma foto de um brinquedo de Roda do parque que está enferrujado, e que é preciso fazer uma manutenção dos demais equipamentos do parque. Em relação às árvores que estão no parque Henry Paul, que existe muito musgo, e o musgo acaba matando as arvores. É preciso fazer limpeza.

O Presidente Douglas Marchetti afirmou que existe uma preocupação em relação ao uso do Narguilé porque as famílias vão para passear e se divertir e que acabam se incomodando com a fumaça. “É uma questão de conscientização. Se cada um fizer a sua parte e respeitar o próximo,
podemos viver melhor. Recebemos aqui diversas pessoas pedindo lombada e redutor de velocidade, se as pessoas respeitassem isso não precisaria. Existem vários exemplos de falta de respeito.”, disse ele.

Para o Presidente, um exemplo prático da falta de respeito e da crise de ética ocorreu na semana passada durante a greve dos caminhoneiros. Em meio a protestos sérios e com fundamentos, alguns baderneiros se infiltraram para interesses próprios e prejudicar quem estava lutando por algo real.

Douglas chama atenção da comunidade para o momento do voto que deve ser valorizado e que mostrará a diferença. Para ele, as pessoas devem sim se interessar por política e procurar conhecer os candidatos. “A maior arma de mudança que a comunidade tem em suas mãos é o voto. Nós devemos ser a mudança que queremos para o mundo. Hoje é o dia mundial do Meio Ambiente e uma oportunidade para que possamos refletir sobre o que estamos fazendo pelo outro, e pelo local onde vivemos”, disse ele.

O Presidente também destacou a indicação que fez na semana passada à Fundação Municipal de Esportes para a criação de um concurso para a escolha do uniforme da equipe timboense que participará do JASTI, com o tema 150 anos de Timbó. O objetivo é estimular o empreendedorismo e dar oportunidade aos estudantes da área de moda e design para desenvolver os modelos.

O presidente também falou sobre uma reunião realizada com o prefeito e com os vereadores para falar de alguns assuntos. Falou sobre um projeto apresentado que define critérios para priorizar os agricultores que vivem do campo que geram receita. O projeto será discutido e tramitará nas comissões.

O vereador Carlos Adriano Kruger parabenizou os atletas Rogério Carl e Fabiano pelas conquistas do fim de semana. Solicitou agilidade para resolver as situações da Rua Bolívia e Rua Osvaldo Cruz, que já criou uma vala e esta causando problemas. Destacou a venda do imóvel público da Rua Bolívia. Fez alguns questionamentos e busca umas respostas. “Precisamos sanar as dúvidas para aprovar o projeto.”

O vereador Guilherme Voigt Junior falou sobre o projeto da venda do terreno, desapropriação de terreno público. Destacou a reunião feita pelo prefeito para passar informações aos vereadores. Solicitou aprovação do repasse para o custeio no valor de R$220 mil para o Hospital Oase. Destacou a importância destes valores visto a falta de pagamento do governo do estado.

Destacou um pedido dos moradores da Tifa Sprung para o patrolamento e a macadamização. Afirma que a rua não é legalizada e por isso os serviços não são feitos. É preciso resolver esta situação. No local possui uma empresa e eles tem dificuldade em transportar mercadorias.

O vereador Rubens Borchardt diz que hoje entrou a indicação da mudança de nome da escola Tirolesses para Cleidenir Teske, em homenagem a diretora que por lá ficou muito tempo e faleceu recentemente. Ele solicita agilidade no processo. Rubens chamou atenção para a estrada do bairro Dona Clara, que possa ser feita uma lombada próximo a curva, onde já ocorreram vários acidentes. O vereador também falou da falta de iluminação da Rua Max Klots. Ele afirma que é um lugar escuro, mato e esta sem iluminação faz 3 meses já.

O líder do governo Martinho de Souza Filho parabenizou a comunidade pelo Dia do RH. Falou sobre a questão cultural das pessoas não se preocuparem com o próximo, não respeitarem os espaços. Falou sobre a importância do trabalho do PROERD. O exemplo começa em casa.

Outro assunto destacado por ele foi o boato em relação aos guardas municipais que estavam multando a comunidade nas filas dos postos. Ele disse que foram pessoas que questionaram informações na internet. “Fomos verificar essa informação e o Demutran afirma que ninguém foi multado e sim repassadas orientações. Temos que buscar informações em fontes seguras e certas”.

Trouxe informações sobre o pagamento do anel viário. Ele disse que 95% da empresa já foi paga. A Prefeitura já acionou a empresa para que a obra pudesse ser encerrada. Foram pagas desde abril do ano passado, inclusive rotatórias já tem andamento, esta em fase de licitação.

Quanto a Rua Bolívia esta em fase final. Será reperfilada. “Esperamos que num prazo de 60 dias as ruas sejam reperfiladas, contempladas no programa. A questão da Rua Atalanta, ela esta em fase final para a compra da camada asfáltica, só não foi feita na semana passada por conta da situação da greve”, disse o vereador Martinho.

Apresentação de Projeto

Projeto de Lei n.º 34/2018 - Autoriza a abertura bem como a suplementação de crédito especial, no orçamento-programa 2018, da Administração Direta.

PLO 35/2018 - Autoriza a Concessão Onerosa de Uso do Bem Público Casa Mortuária anexa ao Cemitério Jardim da Paz.

PLO 36 - Cria o Programa Municipal de Desenvolvimento Agrícola da Cadeia Produtiva, e dá outras providências.

PLO 37 - Autoriza a anulação a suplementação de valores em dotações orçamentárias no Orçamento-Programa 2018, da Administração Direta e Indireta.

Pedidos de Providência:

• n.º 194/2018, de autoria do Vereador Haroldo Fiebes; • n.º 195/2018, de autoria do Vereador Rubens Borchardt; • n.º 196/2018, de autoria do Vereador John Adriano Schwartz.

Indicações
• n.º 71/2018, de autoria dos Vereadores Rubens Borchardt e Fabricio Dalcastagné;

Ordem do Dia

Projeto de Lei Complementar n.º 6/2018 - Institui o regime de sobreaviso aos servidores públicos municipais lotados no Departamento Municipal de Trânsito de Timbó – DEMUTRAN.

Emenda Modificativa n.º 1 ao Projeto de Lei n.º 26/2018 – Altera a Ementa e o art. 1.º do Projeto de Lei n.º 26/2018.

Projeto de Lei n.º 26/2018 - Denomina \"Complexo Turístico e Cultural Jardim do Imigrante\" os imóveis públicos e Edificações constantes das matrículas nº 4.860, 5.299 e 5.301 do Livro nº 3, todos do 1º Ofício de Registro de Imóveis da Comarca de Timbó.

Emenda Modificativa n.º 1 ao Projeto de Lei n.º 30/2018 – Altera o art. 1.º do Projeto de Lei n.º 30/2018.

Projeto de Lei n.º 30/2018 - Autoriza a concessão de auxílio financeiro à Ordem Auxiliadora das Senhoras Evangélicas de Timbó - Hospital e Maternidade OASE.

Requerimento n.º 7/2018, de autoria do Vereador Rubens Borchardt.
Os projetos, indicações e pedidos de providência foram encaminhados.

Assessoria de Comunicação



Segue abaixo downloads referentes a notícia:

Outras Notícias