Enquete da Câmara

Lorem ipsum dolor sit amet, consetetur sadipscing?


Receba as Novidades


Redes Sociais

A Câmara também está ao seu alcance nas redes sociais.

Redes Sociais

Conteúdo Geral

Notícias

14/06/2018 | Uso do Narguilé é tema da sessão ordinária do Parlamento Jovem desta quinta-feira

Um importante assunto que vem gerando discussões nas rodas sociais é tema destaque da sessão ordinária do Programa Parlamento Jovem desta quinta-feira, dia 14 de junho. Contou com a presença do Presidente da Câmara Municipal Douglas Marchetti, alunos do 4º ano da Escola Municipal Erwin Prade, o Analista-Tributário da Receita Federal (RFB), Inacio Fiamoncini e a coordenadora do setor Tributário da Prefeitura e Agente de Desenvolvimento, Daniela Krambeck.

Os alunos ouviram algumas palavras de Inácio e Daniela sobre a educação fiscal. A sessão recebeu a presença do soldado Maurício Fogaça no plenário da Câmara para explanar os malefícios do uso do Narguilé. Fogaça é soldado da Polícia Militar, farmacêutico e especialista em toxicologia. Trabalha no Programa Educacional de Resistência às Drogas (Proerd) nas escolas, ajudando a desenvolver nos jovens estudantes habilidades que lhes permitam evitar influências negativas em questões afetas às drogas e violência, promovendo os fatores de proteção, entre outros objetivos.

O soldado explicou aos alunos as características específicas e químicas dos produtos que compõem o narguilé, e destacou o uso do tabaco, que é precursor de ingredientes tóxicos. Uma das preocupações de Fogaça é o solvente utilizado no carvão do Narguilé. Ele é derivado do benzeno e faz a queima por completo. Mas o benzeno não é solúvel em água, apenas em gordura e mucosa. A pessoa que fuma mesmo sem tragar, acaba se prejudicando da mesma forma , porque com o contato já absorve o produto.

Esse solvente vai parar nas células, nos ossos. A Organização Mundial da Saúde - OMS demonstra que tem aumentado casos de leucemia. O solvente do benzeno é grave e perigoso. Artigos científicos mostram problemas em desenvolvimentos cognitivos pelo excesso do uso.

Fogaça também mostrou uma matéria do Jornal Nacional sobre o uso do Narguilé e como ele vem influenciando jovens de diferentes idades. Disse que muitos acham que a água contida no Narguilé serve como filtro, porém isso não é real.

Após a explicação do assunto, os jovens vereadores fizeram perguntas ao soldado. O vereador Eric Wolf fez suas considerações sobre o assunto e destacou a importância dos jovens terem consciência dos malefícios do uso do Narguilé. Disse que existem outras formas de prazer e de descontração com a família e os amigos, e afirmou ainda que o Proerd deveria ser aplicado em outras séries.

Maurício explicou que em Timbó, o programa acontece apenas com alunos do 4º ano, e que seria necessário ter mais profissionais para ampliar o serviço. Mas se colocou a disposição para levar a ideia a seus superiores para estudar a proposta.

Fogaça também falou sobre a influência das amizades, e que muitas pessoas procuram experimentar essas substâncias para serem aceitas em grupos. Disse aos jovens que fiquem atentos, e que busquem amizades livres de vícios. “Não precisa brigar com as pessoas, apenas deixar claro que vocês não querem isso”.

A jovem vereadora Samira Cipriani perguntou ao policial o que a polícia pode fazer, se não existe lei que proíba o uso do Narguilé, caso haja denúncia. O soldado disse que a polícia verifica a situação, se esta atrapalhando outras pessoas em locais públicos, se esta em local fechado, se existe a presença de menores ou mesmo se não há droga junto com o Narguilé, para assim tomar uma providência.

Após as perguntas, os vereadores jovens agradeceram a presença do soldado Foçada e seguiram para os pronunciamentos. O vereador Eric falou sobre os gastos absurdos que os foram gerados aos cofres brasileiros para enviar os jogadores à Copa do Mundo na Rússia e sobre a atual situação da política brasileira, que está lamentável. Para ele, muitos assuntos e valores de nosso país precisam ser repensados para que as futuras gerações encontrem mais qualidade de vida e credibilidade na política do Brasil.

Assessoria de Comunicação

Segue abaixo downloads referentes a notícia:

Outras Notícias